segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Michael Sullivan acena com a possibilidade de gravar um DVD em Queimados


Texto: Dine Estela | Fotos: Luiz Ambrosio

Quem passou pela Praça dos Eucaliptos em Queimados na tarde deste domingo, 19/10, curtiu clássicos da música popular brasileira, como Dê Uma Chance Ao CoraçãoEu Preciso Te EsquecerUm Dia De Domingo, entre outras de autoria de Michael Sullivan, que fez um show de cerca de uma hora e meia com algumas de suas 1.400 músicas. O cantor mais executado do Brasil e que já teve suas canções interpretadas por ícones da MPB como Sandra de Sá, Tim Maia, Alcione e até cantores internacionais como Ricky Martin, Shaiene, Dara Morem, entre outros, participou do projeto global “Tardes de Domingo” realizado na cidade em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura.
São 40 anos de carreira, mais de 300 músicas infantis e gospel, além de alguns sucessos no exterior, no entanto, Michael não tem uma grande história somente com a música, mas também com a cidade, pois já fez vários shows em Queimados e adiantou que está estudando a possibilidade de gravar seu novo DVD em uma de suas praças. “Amo esta cidade e já estive aqui várias vezes. Vou gravar um DVD contando minha história com os maiores sucessos e claro, muitos convidados e pretendo fazer em uma praça da cidade. Vou estudar isto com a minha produção”, adiantou. O novo DVD está sendo produzido por Raimundo Fagner, e entre os convidados estão: Carlinhos Brown e Xuxa.  

O Secretário de Cultura, Marcelo Lessa, agradeceu a presença do cantor e anunciou a chegada de outras novidades culturais da cidade. “Temos a grande missão dada pelo prefeito Max Lemos de oferecer aos moradores de Queimados, uma programação cultural de qualidade e gratuita já que moramos em uma cidade periférica do Estado do Rio. Para nós, foi um prazer receber o projeto “Tardes de Domingo” da Rede Globo e no próximo Sábado estaremos realizando o evento BAILE BLACK BOM em parceria com o SESC, com feira cultural e muita música dos anos 70, 80 e 90.”. Adiantou.

Para as amigas Maria de Lurdes do bairro Vila São João e Edilene Brito do Centro de Queimados, o show foi um bálsamo para seus ouvidos. “Nós amamos as músicas dele, sempre cantamos em Karaoquê, mas nunca tivemos a oportunidade de conhecer o Tio Porquinho (apelido carinhoso dado ao compositor pela apresentadora Xuxa na década de 80). Ele é muito simpático e inteligente”, contou Maria de Lurdes. Emocionada, Edilene, mal conseguia falar ao sair do camarim de Michael Sullivan, “Estou tão feliz em conhecê-lo que nem consigo expressar este sentimento”, disse. 

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Último dia de Tomografias gratuitas em Queimados

Neste sábado, 18/10, os pacientes da cidade terão a última oportunidade do ano

Texto: Dine Estela | Fotos: Felipe Bragança e Luiz Ambrosio

O Serviço Móvel de Tomografia Computadorizada do Estado do Rio de Janeiro, fica na  Praça dos Eucaliptos até este sábado 18/10.  O exame só pode ser realizado em pessoas, a partir dos oito anos de idade, pesando até 120 quilos. Não é necessário sedação/anestesia. Os resultados serão entregues em 20 dias úteis na Secretaria de Saúde do município de origem do paciente. O tomógrafo móvel também está atendendo pacientes de outros municípios da Baixada como Duque de Caxias, Japeri, Mesquita, Nova Iguaçu, Belford Roxo e Seropédica.
Segundo a secretária de saúde de Queimados, Dr.ª Fátima Cristina. A única exigência é que os pedidos sejam encaminhados pelas secretarias de saúde dos municípios de origem, inclusive pedidos de médicos particulares. Os pacientes de Queimados devem pegar o pedido no setor de regulação de exames que está sediado no CETHID (Rua onze, s/n, Vila Pacaembu (anexo à Casa do Idoso/CETHID)”, explicou.
É a quarta vez que o serviço está na cidade, comemora o prefeito Max Lemos, “Estes exames são caros e ainda não estão disponíveis em nossa rede pública. Esta foi a melhor maneira que o Estado encontrou de levar o atendimento para as cidades da Baixada. Um paliativo de alta qualidade, afinal o serviço é de excelência e ainda facilita a vida do paciente que não precisa sair de sua cidade”, observou.
Dona Maria José, 59, moradora do bairro Vila Central em Queimados, vem sofrendo há pelo menos uns cinco anos com dores pulmonares e suspeita de pneumonia e tuberculose, mas como os médicos não chegaram a um consenso e a doença fica cada vez mais crônica, ele teve de se submeter ao exame de tomografia computadorizada. “Fumei durante 20 anos e tenho asma, sintomas que mascaram os resultados de exames mais simples. Com este resultado acredito que eu já possa iniciar o tratamento”, analisou.  


Economia de até R$ 8 mil reais
Doenças como hernea de disco, desvios de coluna, tumores no pulmão e problemas cardíacos mais profundos podem ser diagnosticados pelo exame, que além de indolor é rápido tanto, na realização, quanto no resultado que sai em no máximo 20 dias com o laudo. Em casos de urgência o resultado é liberado na hora. De acordo com o Incor, o aparelho substitui, por exemplo, o cateterismo cardíaco que custa em torno de R$ 8 mil (R$ 6 mil pelo exame e mais R$ 2 mil de honorários médicos) e a cintilografia com estresse, R$ 1,9 mil. Economia comemorada pelos pacientes da Baixada e principalmente de Queimados que estão recebendo o serviço gratuitamente. 

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Idosos de Queimados representam o estado no Campeonato Nacional de Kung Fu

Texto: Joyce Pessanha e José Carlos dos Santos PMQ

Após sucesso na AABB, no Rio, grupo de Tai Chi Chuan segue para São Paulo

Queimados anda a passos largos na qualidade de vida para os idosos. Depois de se apresentarem no II Campeonato de Kung Fu do Rio de Janeiro, na AABB - Associação Atlética Banco do Brasil, 21 idosos de Queimados praticantes da terapia chinesa Lian Gong, se apresentarão representando o estado do Rio de Janeiro em São Paulo neste fim de semana no Campeonato Brasileiro de Kung Fu e Panamerican Tournament Shuai Chiao 2014.  O evento acontece nos dias 18 e 19 de outubro, a partir das 13h, no Clube Atlético Juventus, situado na Rua Comendador Roberto Ugolini, 20 – B. Parque da Mooca – São Paulo-SP. 

A arte terapêutica, praticada pelos idosos tem o objetivo de cuidar do corpo, alma e espírito. Os alunos praticam a arte marcial chinesa nos pólos de atividades físicas do município e irão apresentar 18 exercícios orientais de Xi Ba Fa que abrirá a cerimônia oficial do evento de nível nacional, como explica o subsecretário da Terceira Idade, Professor Amorim. “Teremos a honra de abrir o evento mais importante do ano para o Tai Chi no Brasil o que nos faz despontar como o município pioneiro nas práticas no estado. Tudo isso, graças ao apoio e incentivo do nosso prefeito Max Lemos que nos orientou a cuidar das pessoas”, destacou.

Desempenho ganha destaque

Entusiasmado com o desempenho dos idosos queimadenses, o presidente da Federação Estadual Garra de Águia, mestre Sérpio acredita que os integrantes da Terceira Idade farão uma bela apresentação por ocasião do Campeonato Brasileiro de Kung Fu Chinês. “Estamos sonhando com grandes iniciativas no município, graças à sua intensa participação na divulgação da arte chinesa. E por isso, realizei o convite aos idosos praticantes da cidade para abrir o evento estadual o que dá visibilidade e recompensa o trabalho realizado aqui. Ano que vem, temos o objetivo de levar alguns idosos para representar o Brasil no campeonato mundial, que acontecerá na Argentina”, explicou.

O convite para esse evento foi feito durante recente reunião no Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade - CELTI -  entre o mestre Sérpio e os secretários José Alves de Carvalho – Dequinha  (Secretaria da Terceira Idade); Luiz Carlos Monteiro Guimarães (Esporte e Lazer); Marcelo Lessa (Cultura), professor Amorim (subsecretário da - Secretaria Municipal da Terceira Idade de Queimados - SEMTI); Luiz Pessanha, presidente da Associação Shaolin do Norte; Jaime Ma - representante da Câmara Cultura Brasil-China; professor Tiago Morais (presidente do Clube da Terceira Idade de Nova Iguaçu); e Inajá - professor de Kung Fu e Tai Chi Chuan, na cidade de Japeri.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Pagamento de IPTU sem juros vai até 31 de dezembro em Queimados

Texto: Dine Estela | Fotos: Felipe Bragança


Quem não aproveitou o desconto de 10% no IPTU 2014, oferecido para pagamento até julho deste ano, ainda tem a chance de pagar o valor integral sem multas e juros até o dia 31/12/2014. O contribuinte também tem a opção de parcelar o seu tributo em até três vezes sem juros. Quem ainda não recebeu o seu carnê, deve procurar o Centro de Atendimento ao Contribuinte CAC, à Rua Alves, 68, Centro e funciona no horário comercial, munido com algum carnê de anos anteriores. Vale ressaltar que não houve aumento no valor do imposto, apenas a correção monetária de 5,85%, fazendo com que a cidade tenha um dos impostos mais baratos da Baixada, equiparado apenas ao município de Paracambi.




O secretário explica como é feito o cálculo: “A conta é feita com base no valor do metro quadrado do logradouro e sua localização, ou seja, os bairros onde existem mais assistência do governo como saneamento básico, pavimentação e outros serviços públicos como coleta de lixo e iluminação pública, têm valores superiores que variam de R$ 50 a R$ 60, para as residências, a partir de R$ 90 para logradouros e R$ 20 mil para a indústria”, explicou.



Segundo a subsecretária adjunta de arrecadação e fiscalização tributária, Jusieny Heitz dos Santos Dutra, a 3ª e última data para o pagamento do valor integral, sem acréscimo de multas e juros vai até o dia 31/12/2014. Para o parcelamento em até 3 vezes, está valendo a mesma data e o valor de cada parcela não poderá ser inferior a R$ 20. Não haverá descontos para pagamentos parcelados.  Imóveis inscritos na Dívida Ativa podem ser pagos em até 60 vezes,  desde que o valor da parcela não seja inferior a R$ 20.https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif

























segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Fé, doutrina e tradição - Encontro de folias revela a perpetuação da fé divina

Texto: Dine Estela | Fotos: Luiz Ambrosio

O 13º encontro de folias que aconteceu neste sábado, 11, no bairro Vila Guimarães em Queimados começou por volta das 21h e terminou ao meio dia de domingo, com a presença de sete folias de várias partes do Estado do Rio de Janeiro.  Mais de 2 mil pessoas acompanharam a cerimônia por mais de 15 horas. Reunindo fé, doutrina e tradição, o encontro revelou que as Folias de Reis chegaram para perpetuar a história dos três reis magos que foram em busca do Rei dos Judeus, Jesus, para presenteá-lo. A Secretaria Municipal de Cultura, ofereceu apoio cultural e técnico para o evento que serviu como um termômetro para o festival que o órgão prepara para o mês de janeiro de 2015.



O secretário de cultura, Marcelo Lessa, tem a árdua missão de resgatar antigas tradições culturais e começou com o campeonato nacional de Quadrilhas juninas em junho deste ano que recebeu mais de 20 quadrilhas de várias partes do país e agora sua próxima empreitada será resgatar as folias de reis. “São tradições culturais do nosso povo e que precisamos manter vivas para que as futuras gerações tenham sempre em mente, a história do seu povo e de seu país. Tenho esta missão dada pelo prefeito Max Lemos e estou lutando para cumprir à risca”, disse.

 Um dos diretores da Folia Boas Novas de Belém, anfitriã da festa, Thiago Mauro, ficou muito feliz com o resultado do evento. “Realizamos este evento há 12 anos e a cada ano, a festa fica ainda maior com um público cativo que acompanha as folias”, contou. Este ano, prestigiaram o evento as folias: Bandeira Estrela da Guia - Vassouras, Estrela do Oriente – Nova Iguaçu, Sempre Viva do Oriente – Mesquita, Irmandade Estrela Luminosa – Vila de Cava, NI, Flor do Oriente – Caxias e Manjedoura de Belém do bairro Ponte Preta – Queimados.

 De pai para filho

Kauã Lucas, de 1 ano e seis meses, é filho do palhaço Lucas Eduardo e já dá seus primeiros passinhos na mesma direção. O menino acompanhado de sua mãe Renata Almeida vai a todas as andanças da folia de reis Boas Novas de Belém de Queimados, mas ainda não colocou roupinha, conta a  mãe. “Ele vive querendo vestir a máscara do pai, sem o menor medo das caretas, mas não coloquei roupinha nele ainda. Acho que é muito pequeno para esta missão”, conta. O mesmo caminho seguiu Yuri Tomás, 16 anos, campeão olímpico estadual que está na folia desde os oito anos. Ele é filho  do palhaço André Tomás e tem a mesma função na Folia Boas Novas de Belém. 

Para seguir uma folia de reis não basta querer, é preciso compromisso, respeito e principalmente muita fé, conta o presidente Nego. “Geralmente quem segue uma folia está cumprindo alguma promessa atendida ou a tradição familiar como uma missão que passa de geração para geração. Algo que não pode ser quebrado de qualquer maneira”, explica. Diz a lenda que o palhaço que abandona uma folia de qualquer maneira pode até morrer pelo caminho. “Mito ou realidade, ninguém quer pagar para ver”, acrescentou. O único requisito para seguir uma folia é que a criança seja batizada.


Cerimônia do encontro

 Receber uma folia de Reis não é uma tarefa simples. É preciso alimentar os foliões, preparar a casa e toda a cerimônia que leva em média umas três horas. Ao chegarem há toda uma cantoria que abençoa o anfitrião  com  a bandeira que deve ser levada ao altar preparado pelo dono da casa. Depois tem a apresentação dos palhaços na rua. Estes só entram na casa com a autorização do dono e não podem sentar à mesa para um jantar que remete à última ceia de Cristo. Neste 13º encontro, a folia de Reis anfitriã gastou nada menos que 250 kg de alimentos para recepcionar as folias e seus seguidores, em torno de 2 mil pessoas. Segundo o diretor Thiago Mauro este foi o maior público de todos os anos. 

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Professores de Queimados são capacitados para atuar em creches


Município vai ganhar mais duas unidades até o final do ano


Beneficiar crianças dando suporte e estrutura através de reformas em creches e capacitar professores no ensino às crianças em todo o Brasil. Esse é o objetivo dos projetos “Creche para Todas as Crianças & Crescer Aprendendo” idealizado pela Fundação Abrinq - Save The Children e em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Queimados. Desenvolvido desde 2012 na cidade, o projeto de terceiro setor patrocinado pela Procter & Gamble (P&G) nos estados onde atua contou com um seminário que formou nesta quarta-feira, dia 09, mais de 60 professores da rede de Educação Infantil. Os professores foram capacitados para desenvolver a aprendizagem infantil através de atividades lúdicas como brincadeiras, jogos, leituras e interação com as crianças.  



O projeto de iniciativa privada voltado atua em três estados, nas cidades de Itatiaia (RJ), Queimados (RJ), Seropédica (RJ), Rio de Janeiro (Capital), Louveira (SP), São Paulo (Capital) e Manaus (AM). Ao todo, 13 creches e 10.398 crianças foram beneficiadas pela Fundação. Queimados foi mais uma cidade beneficiada com a capacitação dos seus professores, coordenadores pedagógicos, além da reforma e adequação de equipamentos das creches conveniadas Estrela Maior (antiga Iracema Garcia), no bairro Ponte Preta, em 2013, e do Instituto Educacional Nossa Senhora de Aparecida (Iensa), no bairro Belmonte, reformada neste ano.   



Para a secretária municipal de Educação, Miriam Motta, a parceria com a iniciativa privada é importante para o desenvolvimento da educação infantil na região já que a cidade possui três creches até o momento. “Essa parceria foi fundamental para adequação e a estrutura das nossas unidades infantis. Com apoio desses parceiros, agora os pais já podem contar com duas creches reformados onde podem deixar seus filhos para ir trabalhar. As unidades receberam materiais didáticos, brinquedos novos e produtos de higiene infantil. Além disso, inauguramos nossa primeira creche municipal Clotildes Martins Lemos, no bairro São Jorge, que antes era uma das regiões com menores índices de desenvolvimento humano (IDHs). Ela tem capacidade para atender quase 50 crianças”, comentou ao lado da coordenadora de Educação da Fundação Abrinq, Amélia Bampi.   



Mais creches



Duas novas creches serão inauguradas até o final do ano na cidade. Uma delas será uma unidade do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância), que será construída no bairro Belmonte. A unidade terá capacidade para acolher 120 crianças no período integral ou 240 durante meio período. Com recursos municipal e federal, a creche vai atender crianças de 0 a 4 anos e terá em seu espaço salas de aula, sala de informática, bibliotecas, sanitários, fraldários, parque, refeitório, entre outros ambientes, que permitem a realização de atividades pedagógicas e recreativas. A segunda será a reabertura da creche municipal Iracema Garcia, no bairro Vila do Tinguá com capacidade para 50 crianças.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Lugar de louco não é no hospício

Encontro intersetorial  acontecerá no próximo dia 20/10 no CELT em Queimados
Texto: Dine Estela | Fotos: Felipe Bragança

A nova política nacional antimanicomial preconiza que o lugar ideal para as pessoas com transtornos mentais, os conhecidos “loucos” efetivamente não é no hospício. A Reforma psiquiátrica que combate a internação recorrente há 400 anos está sendo debatida em várias regiões do país e na última terça, 07/10, Queimados recebeu a  Coordenadora Estadual de Assistência Psicossocial, Mônica Fornazier, para um debate entre os profissionais da área no CELT – Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade. Em voga: a pactuação do município para a ampliação da rede de assistência através dos Centros de Atenção Psicossocial – CAPS. Segundo senso realizado pelo Governo do Estado, de março 2014 a cidade tem uma vitória a ser comemorada já que conseguiu zerar o número de pacientes encaminhados para estes hospitais.
Além de Gerênte Estadual de Saúde Mental, Mônica Fornazier também é mestre em psicologia e sempre promove seminários para os profissionais da área. A mestre em  realizou um debate sobre o assunto para troca de experiências. “Nesta área sempre nos deparamos com situações inusitadas e a troca de experiência é fundamental para que o atendimento seja cada vez mais qualificado”, observou. Mônica destacou ainda, que a política manicomial é algo próximo do fim no país. “Temos um programa nacional a seguir e que preconiza o fim dos hospícios onde os pacientes não são tratados e sim, “mau tratados”. Com a medicação adequada e um acompanhamento dos Centros de Atenção é possível ressocializar estes pacientes, mesmo nos casos mais agressivos”, garantiu.
Além dos tradicionais CAPS e Residências Terapêuticas, a cidade já conta com o CAPSI (atenção infantil) e CAPS AD (álcool e outras drogas), e está se preparando para criar os seu CAPS 3, contou a subsecretária de Atenção à Saúde, Maria Betânia. “Para ter um CAPS 3, é preciso oferecer uma contra partida que significa o local com toda a estrutura, profissionais contratados pelo município, além de um coeficiente populacional maior, mas nós estamos neste pleito”, destacou.  

No próximo dia 20/10, em horário a ser definido, a cidade estará realizando um novo seminário intersetorial para apresentação dos avanços e lutas nesta área, explicou a coordenadora municipal, Tânia Oliveira. “Neste Fórum iremos criar um protocolo de urgência e emergência a ser seguido em parceria com o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense – CISBAF”, explicou. O encontro irá acontecer no CELT. Av. Maracanã, s/n, Vila Pacaembu.