terça-feira, 1 de setembro de 2015

Sabadão cultural levou diversão ao público

Show de improviso de humoristas, musical infantil, teatro de rua e oficinas circenses com malabares marcaram o projeto “Teatro Mais de Perto de Você”, em Queimados. Com uma maratona de quase 12 horas, a iniciativa dedicou o sábado (29) ao teatro e à arte com a realização de atividades culturais abertas ao público na Praça Nossa Senhora da Conceição e no Ginásio Municipal Metodista. Pela manhã, quem passou na praça se divertiu com a apresentação do espetáculo “Passos”, do grupo teatral Trinca Rua, que contou paródias sobre a relação trabalho e trabalhador. No mesmo horário, os pequenos aprenderam algumas acrobacias com os malabaristas do projeto “Circo Social Baixada”, no Ginásio Municipal.

Para o prefeito de Queimados, Max Lemos, dedicar um dia inteiro às atividades teatrais marcam a celebração da cultura. “Trabalhamos muito para trazer esses belos espetáculos para a população. Foi muito bonito em ver a alegria nos rostos das crianças e famílias inteiras prestigiando às peças. Sempre vamos nos dedicar em realizar os melhores eventos culturais na cidade”, disse. Secretário municipal de Fazenda e Planejamento, Carlos Vilela, contou que a iniciativa é um marco na cultura do município. "Essa iniciativa é mais uma opção para as famílias queimadenses. Fico muito feliz em ver que pessoas de todas idades foram prestigiar o evento, que é tão importante para a cena cultural do nosso município", falou.              

Na parte da tarde, mais 5 mil crianças foram ao Ginásio Metodista prestigiar o espetáculo musical infantil “Frozen, uma aventura congelante”, que já arrastou mais de 60 mil pessoas espectadores em todo o Brasil. O musical que têm uma legião de mini-fãs fez sucesso nos cinemas e contou a história das irmãs princesas Elsa e Ana em suas aventuras num continente congelado. A superprodução musical contou com belas canções, efeitos especiais e personagens cômicos e irreverentes.

Para o secretário municipal de Cultura, Marcelo Lessa, a iniciativa foi mais uma opção de lazer e entretenimento para famílias inteiras. “É maravilhoso ver que as pessoas abraçaram o projeto, elas vieram em peso assistir aos espetáculos durante todo o sábado. A população respirou arte e teatro durante quase 12 horas. Enchemos o ginásio com mais de 4 mil crianças para assistir o musical Frozen. Ver aqueles olhinhos como se tivessem sonhando não tem preço pra mim”, comentou Lessa.         
Humor com improviso               

Para fechar à noite de sábado, o grupo “5 Contra nem  1” subiu ao palco para divertir o público. Os atores Hamilton Dias, Marcelo Cavalcanti, Fábio Nunes, Marco Esteves e participação especial de Paulo Verlings (Tom Cruzes, da novela Babilônia) fizeram o público cair na gargalhada apresentando divertidos jogos de improvisação, a partir de temas escolhidos pela própria plateia. “Nossas apresentações não têm um roteiro, cada show é único. Interagimos com o público e eles sugerem os temas que vamos abordar no palco. A intenção é fazer com que eles participem do próprio espetáculo. É uma alegria vir aqui na cidade e sentir a recepetividade do público queimadense”, contou o ator Hamilton Dias, um dos fundadores do grupo que nasceu no Festival Carioca de Improviso em 2010. 

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Ação antitabagismo cadastra 90 interessados em parar de fumar

Programa da Secretaria de Saúde auxilia fumantes que desejam  abandonar o vício

Texto: Camila de Paula | Fotos: Luiz Ambrósio

A Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou ação antitabagismo na Praça Nossa Senhora da Conceição, na última quarta-feira, 26/08, para destacar o Dia Nacional de Combate ao Tabagismo, que é comemorado no sábado, dia 29 de agosto. A iniciativa em busca de divulgar o Programa Antitabagismo cadastrou cerca de 90 pessoas que desejam parar de fumar e não sabem não sabem por onde começar essa luta. A equipe do setor de Vigilância em Saúde passou a manhã na praça orientando a população e oferencendo outros diversos serviços, como aferição de pressão arterial, avaliação nutricional, pesagem do programa Bolsa Família, entre outros. Um estomatologista foi participou do evento explicando algumas patologias que podem ocorrer e realizando encaminhamentos à especialidade que possui atendimento no Centro Especializado de Odontologia (CEO).  

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Dra. Fátima Sanches, é importante mostrar os inúmeros danos que este vício pode causar. “Muitas pessoas só se atêm aos problemas causados ao pulmão e coração, mas o tabagismo pode desencadear cerca de cinquenta problemas de saúde, dentre os quais, destacam-se: infarto do miocárdio, enfisema pulmonar, derrame, câncer de pulmão, traqueia, laringe e brônquio; impotência sexual no homem, infertilidade da mulher, hipertensão e diabetes”, alerta. Durante a ação, muitos fumante puderam saber como fuinciona o programa de combate ao fumo que utiliza medicamentos como adesivos à base de nicotina para inibir a vontade de fumar e a goma de mascar que reduz a ansiedade. Nos encontros, que acontecem ao menos uma vez por semana, uma psicóloga e um clínico geral acompanham os fumantes durante o período de tratamento.

“Depois de 40 anos fumando, quero parar!”

A dona de casa Tânia Regina, de 48 anos, está com esperança de abandonar o vício que possui desde seus 18 anos. “Vou partiipar das reuniões e saber o que eu posso fazer. Já tentei parar diversas vezes, principalmente porque faz muito mal para o meu estômago. Tem vezes que tenho que me forçar a parar um pouco porque me ataca muito, mas depois volto. É uma luta diária que já dura 40 anos”, disse Tânia. Para a secretária, o passo mais importante já foi dado. “O primeiro passo você já deu que foi chegar até aqui e se informar. Isso mostra que tem vontade, agora é seguir em frente na luta. Por isso a importância de ações como esta, chegamos até as pessoas que mais precisam”, destacou.

O programa funciona na Av. Irmãos Guinle, Centro (ao lado da loja Nalin). Tel.: 2665-5815/2118. Mais informações pelo telefone: (21) 2665-5815.

Fórum discute Saúde Mental na infância e adolescência em Queimados

Evento envolveu palestra e mesa de debate para profissionais e usuários da rede

Texto: Camila de Paula | Fotos: Luiz Ambrósio

Como forma de discutir e aprimorar as políticas públicas voltadas para o atendimento e acolhimento das crianças e adolescentes que necessitam dos cuidados da rede especializada em Saúde Mental em Queimados, o município realizou, nesta quarta-feira (26/8), no Teatro Municipal Metodista, o Fórum Intersetorial da Saúde Mental. O evento, que acontece a cada dois meses, dessa vez, teve como tema principal o “Fluxo de Atendimentos na Infância e na Adolescência e Apresentação de Dispositivos”. O fórum buscou também a elaboração de sugestões em ações preventivas voltadas para o público infantojuvenil em geral, no que diz respeito ao abuso de álcool e drogas ou em caso de conflitos familiares.

O encontro teve como público alvo o próprio usuário do sistema e os profissionais dos diversos setores da rede. A mesa inicial foi composta pela presidente do Conselho Tutelar Dora Lima, pela coordenadora da Saúde Mental no município, Tânia Alves, pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marco Vinícius, pela representante do Circo Social Baixada, Márcia Leal, pela coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), Joana Darc, e pela secretaria municipal de Saúde, Dra. Fátima Sanches, que explicou a importância do apoio da família em qualquer processo de recuperação em casos de sofrimentos psíquicos. “A reforma psiquiátrica mudou o olhar dos profissionais e deve também mudar o olhar das famílias, que possuem um papel muito importante no processo de socialização e bem estar social dessas pessoas. E para isso nós temos que estar aqui dando esse exemplo”, destacou a secretaria.

O doutor em Psicologia da Uniabeu Centro Universitário, Pedro Moacir, falou sobre diversos casos clínicos na adolescência e explicou as situações mais procuradas por terapeutas quando se trata do público infantojuvenil. “Álcool, drogas e conflitos familiares estão em primeiro lugar, são questões que podem ser amenizadas quando se trabalha em parceria os setores da Educação”, explicou. A mesa de debates foi composta por representantes do Núcleo de Atenção ao Estudante (NAE), a assistente social Gabriele Bastos, pela coordenadora do CAPSi, Carla Fonseca, e pela coordenadora do Ambulatório de Saúde Mental, Fabiana Pereira.

Saude Mental e Educação

Intersetorialidade e proximidade com a educação básica estavam, durante o evento, entre os pontos mais tocados e fizeram parte das nove sugestões levantadas pela mesa de debate, entre elas: a participação no Programa Saúde na Escola e a utilização destes dispositivos no calendário escolar; a criação de centros de reabilitação e a participação no programa de álcool de drogas da Polícia Militar, no caso de demandas de ordem neurológica. De acordo com a coordenadora da Saúde Mental em Queimados, Tânia Alves, é possível que a parceria com os diversos dispositivos da Educação possa ser o tema do próximo fórum.

O Centro de Atendimento Psicossocial Infantojuvenil (CAPSi) é a porta de entrada mais adequada para o primeiro atendimento aosjovens com sofrimentos psíquicos no município e acolhe cerca de 50 pacientes entre crianças e jovens. Já o Ambulatório de Saúde Mental realiza atendimentos psicológicos, psiquiátricos e terapias ocupacionais, e conta atualmente com mais de 1.500 usuários.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Queimados terá ação anti-tabagismo na praça

Iniciativa pretende atrair fumantes para auxiliar na tentativa de abandonar o vício

Texto: Camila de Paula | Fotos: Luiz Ambrósio

O programa antitabagismo da Secretaria Municipal de Saúde de Queimados realizará uma ação de conscientização na Praça Nossa Senhora da Conceição na próxima quarta, 26/08, para destacar o Dia Nacional de Combate ao Tabagismo. A ação acontecerá das 9h às 12h e contará, ainda, com o apoio de outros programas de saúde do município, oferecendo aferição de pressão arterial, avaliação nutricional, pesagem do programa Bolsa Família, entre outros. O objetivo da iniciativa é de atrair cada vez mais usuários que desejam parar de fumar e não sabem por onde começar essa luta. Para isso, a equipe vai colocar um esqueleto de cerca de um metro de altura na praça, sensibilizando a quem passar no local, mostrando os órgãos do corpo humano que são afetados pelo consumo do cigarro.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Dra. Fátima Sanches, é importante mostrar os inúmeros danos que este vício pode causar. “Muitas pessoas só se atêm aos problemas causados ao pulmão e coração, mas o tabagismo pode desencadear cerca de cinquenta problemas de saúde, dentre os quais, destacam-se: infarto do miocárdio, enfisema pulmonar, derrame, câncer de pulmão, traqueia, laringe e brônquio; impotência sexual no homem, infertilidade da mulher, hipertensão e diabetes”, alerta. Durante o tratamento, os pacientes utilizam medicamentos como adesivos à base de nicotina para inibir a vontade de fumar e a goma de mascar que reduz a ansiedade. Nos encontros, que acontecem ao menos uma vez por semana, uma psicóloga e um clínico geral acompanham os fumantes durante o período de tratamento.

O programa funciona na Av. Irmãos Guinle, Centro (ao lado da loja Nalin). Tel.: 2665-5815 / 2118. Mais informações pelo telefone: (21) 2665-5815.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Recadastro de Aluguel Social começa nesta segunda (17)

Texto: Bruno Anacleto | Fotos: Arquivo-PMQ 

No final do ano de 2013, o município de Queimados registrou a maior chuva da sua história deixando centenas de famílias desabrigadas. Para amenizar os prejuízos ocorridos pela tragédia, a Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), através da Secretaria do Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, começou ainda durante a tragédia o recadastramento dessas famílias para dar continuidade ao benefício do “Aluguel Social”. Atualmente, 417 famílias recebem mensalmente o valor de R$ 500,00 para pagar o aluguel da moradia. O prazo do recadastro começa nesta segunda-feira, dia 17, e vai até o dia 09 de outubro. 

As famílias beneficiadas devem procurar a Secretaria (Rua Eugênio Castanheiras, n° 176 – Centro/ Em frente ao IEGA), das 8h às 17h. O valor será pago até que elas sejam remanejadas para o condomínio de 1.500 apartamentos do programa “Minha Casa, Minha Vida”, no bairro Parque Eldorado, em fase final de construção. Segundo o prefeito Max Lemos, as obras do condomínio Parque Eldorado estão adiantadas para receber os novos moradores. "Todas as famílias atingidas pelas chuvas serão remanejadas para as moradias do Parque Eldorado. Elas não terão qualquer custo com a aquisição desses novos apartamentos e ainda vão receber a escritura em mãos com seu nome", disse.      

Para a secretária municipal de Assistência Social, Ana Paula Rosalino, é importante que as pessoas fiquem atentas para não perder o prazo do recadastramento. “As famílias têm até o mês de outubro para renovar o benefício. Isso será uma forma de ter mais controle das famílias atingidas pelas chuvas até que sejam transferidas para suas novas casas pela Prefeitura. Caso não façam o recadastro, elas podem deixar de receber o benefício”, comentou. 

Os beneficiários devem levar os seguintes documentos (original e cópia): identidade, CPF, comprovante de residência do imóvel interditado e do atual, laudo de interdição da casa pela Defesa Civil do município, carteira de trabalho, cartão do Bolsa Família ou Número de Inscrição Social (NIS) pelo CadÚnico, protocolo de cadastro do aluguel social, certidão de casamento (caso tenha), certidão de nascimento, título de eleitor, identidade dos dependentes e  documentação do cônjuge do titular do benefício. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (21) 2655-8322. 

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

CETHID vai ganhar espaço de fisioterapia e reabilitação cardíaca

Texto: Bruno Anacleto | Fotos: Luiz Ambrósio-PMQ 

Setores vão atender mais de 1 mil pacientes por mês  

O Cento Especializado de Tratamento de Hipertensão e Diabetes (CETHID) de Queimados, que chega a atender em média 1.200 pessoas por dia da cidade e mais de 10 municípios da Baixada Fluminense, vai ganhar nesta sexta-feira (14), às 18h, dois setores terapêuticos voltados para reabilitação de pacientes: sala de fisioterapia e o Centro de Reabilitação Cardíaca. Os novos setores, totalmente equipados, têm o objetivo de auxiliar na recuperação de pessoas que sofreram derrames - Acidentes Vascular Encefálico (AVEs) - causando paralisia facial e/ou parcial dos membros causados, infarto, pós-cirurgia e complicações por diabetes (amputados em fase de pré e pós-protetização).

As salas vão contar com equipamentos como esteiras, bicicletas ergométricas, halteres de academia (pesos), barra paralela, espaldar para alongamento e fortalecimento muscular, escada/rampa para trabalhar a coordenação motora, discos proprioceptivos para o equilíbrio, bolas para exercícios de pilates, além de ultrasom e infravermelho para relaxamento muscular. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Drª Fátima Cristina, os setores de reabilitação serão referência de atendimento na região. “Os novos setores terão capacidade para atender mais de 1 mil pessoas por mês. Seguindo a determinação do prefeito Max Lemos nosso objetivo sempre será cuidar das pessoas. Com esse novo espaço, vamos trabalhar na reabilitação de pacientes com derrames e infartos”, confirmou.

Ao todo, as equipes de profissionais serão compostas por um cardiologista, um enfermeiro, oito fisioterapeutas, um educador físico e um técnico de enfermagem.  O tratamento de fisioterapia vai funcionar de segunda a sexta, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h. Já o Centro de Reabilitação vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para a coordenadora geral da unidade, Maria Deotéria (Déo), os pacientes com prontuários médicos registrados na unidade vão poder utilizar o espaço. “Queremos oferecer sempre o melhor serviço aos pacientes. Quem faz algum tratamento aqui com prontuário médico também vai pode fazer a fisioterapia Com esses novos setores, vamos aumentar ainda mais nossa capacidade de atendimento. O Cethid já trabalhava muito a parte preventiva e de diagnóstico através dos exames no Centro de Imagens e, agora, também vamos trabalhar a reabilitação”, contou. 

Centro de imagens para exames

O Centro Especializado foi reinaugurado no final de 2010 e oferece atendimento nas especialidades de clínico geral, cardiologia, fisioterapia, endocrinologia, angiologia, psicologia, oftalmologia, entre outras. A unidade ambulatorial conta ainda com o centro de imagens de média complexidade especializado em exames de eletrocardiograma, ultrassonografia, eletroencefalograma, ecocardiograma com doppler e o teste ergométrico.

Serviço: 
Inauguração de sala de fisioterapia e Centro de Reabilitação Cardíaca

Data: 14/08 (sexta-feira)
Horário: 18h
Local: CETHID (Rua Onze, s/nº - Vila Pacaembú)

Concurso de bandas e fanfarras agita domingão em Queimados

Cerca de duas mil pessoas são esperadas no evento que vai atrair músicos de Rio, São Paulo e Minas

 Texto: Leandro Machado / Fotos: Luiz Ambrósio

Mais de 20 cidades do Estado do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais estarão juntas em Queimados no próximo domingo, 16, para o VII Concurso de Bandas e Fanfarras da cidade. O evento, organizado pela AABAFERJ (Associação de Apoio às Bandas e Fanfarras Estaduais do Rio de Janeiro) e a Secretaria Municipal de Cultura de Queimados, irá contar com 33 bandas concorrendo em sete categorias. A programação é gratuita e começa às 9h da manhã e vai até as 22h na Praça dos Eucaliptos.Além das categorias a serem julgadas, serão premiados o melhor Corpo Coreográfico, regente, regente mor, baliza e balizador. Com a soma das notas de todos os quesitos julgados, será conhecido o campeão geral da competição.

O Prefeito de Queimados, Max Lemos, destacou a importância do evento para a cidade: “O Concurso atrai centenas de pessoas de fora para o município e é um dia inteiro de atividades. Isso movimenta o comércio e a cultura local. Certamente será mais um grande evento”, destacou. Queimados já sediou quatro campeonatos estaduais e dois municipais, sob a organização da Secretaria Municipal de educação que este ano divide a tarefa com a Secretaria Municipal de Cultura. Para o secretário Marcelo Lessa, esta será uma experiência impar e prazerosa. “Sempre participei como expectador e ativista cultural, agora vou aproveitar para inserir algumas novidades que tenho certeza que o público vai gostar ainda mais”, destacou.

O espaço irá contar com uma arquibancada para duas mil pessoas. O evento terá reforço do efetivo da Polícia Militar e o apoio das Secretarias de Esporte e Lazer, Defesa Civil, Saúde, Segurança e Trânsito, Ordem Pública, totalizando mais de 150 profissionais trabalhando no evento. Segundo a presidente do AABAFERJ, Michele Vinhas, o concurso tem expectativa de público de mais de 10 mil pessoas de várias partes do país, pois é considerado um dos melhores do Brasil. “Temos relatos das associações organizadoras de que este concurso é um dos melhores do país, por isto já estamos no VI somente em Queimados”, disse.

Regras do concurso

O concurso irá contar com a participação de alunos das redes Municipal, Estadual, Federal e particular, num total de 1.500 músicos (amadores e profissionais) de todo o Estado do Rio de Janeiro na faixa etária dos 10 aos 30 anos.
Serão premiados do primeiro ao terceiro lugares nas categorias: percussão infantil, percussão adulto, percussão com instrumentos melódicos, fanfarra simples (tradicional) sem alteração mecânica, fanfarra com gatilho, fanfarra com o pisto, fanfarra marcial e musical. Serão premiadas também: balizas, regente mor, maestro e linha de frente.