quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Ações de prevenção marcam Dia Mundial do Diabetes em Queimados

Secretaria de Saúde realizou mais de 500 atendimentos gratuitos como aferição de pressão arterial e teste de glicose

Aline Lopes- O Dia Mundial do Diabetes Mellitus foi marcado por ações de conscientização e oferta de serviços gratuitos de saúde, nesta quarta-feira (14), em Queimados. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou cerca de 500 verificações de glicemia e pressão arterial na Praça Nossa Senhora da Conceição e na Clínica da Família Pastor Júlio Alves Sena, no bairro Fanchem. A população também recebeu orientações sobre reeducação alimentar e pôde se vacinar contra a febre amarela.

Com casos da doença na família, a aposentada Conceição Galdina (64), aproveitou que passava pela Praça para verificar a glicemia. “Infelizmente eu perdi a minha irmã com essa doença, por isso, estou sempre indo ao médico para me consultar. Sou hipertensa e já faço o tratamento no Centro Especializado no Tratamento de Hipertensão e Diabetes (CETHID)”, disse a moradora do bairro Palhada, em Nova Iguaçu.

A coordenadora do programa de Hiperdia, Dayane Félix, explicou a diferença dos níveis encontrados nos testes de glicemia. “É considerado normal caso o exame de glicose em jejum seja inferior a 99 mg/dl. Caso o resultado fique entre 100 e 125, o paciente é considerado pré-diabético. Já de 126 em diante a doença é confirmada”, concluiu.

A diabetes é uma doença crônica e aparece quando o corpo não produz a quantidade essencial de insulina para que o açúcar do corpo se mantenha normal. Existem dois tipos de diabetes mellitus, que são: Tipo 1, presente em 10% dos diabéticos e na qual o indivíduo produz pouca ou nenhuma insulina e precisa de injeções diárias.

Já o tipo 2, que é mais comum depois dos 30 anos em pessoas obesas e idosas, o pâncreas continua a produzir a insulina, mas o organismo se torna resistente aos seus efeitos.

Mal também assola os pequenos

O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking dos países com diagnósticos de diabetes infantil. São aproximadamente 300 mil casos de acordo com a Federação Internacional de Diabetes. Diante deste número alarmante, a Secretária Municipal de Saúde, Drª Lívia Guedes, afirma que é necessário que os pais atentem para a alimentação dos filhos.

“É necessário incentivá-los a comer coisas mais saudáveis, ricas em nutrientes e com menos açúcar. Assim, além da diabetes, ajudam também na prevenção da obesidade”, explicou a gestora.


O município disponibiliza 19 unidades de saúde para tratamento da doença, entre elas o CETHID (Centro Especializado no Tratamento de Hipertensão e Diabetes), no bairro Vila Pacaembu e o Centro de Especialidades Médicas, no bairro Fanchem. Para ter acesso ao atendimento, basta procurar a unidade de saúde mais próxima com identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS.

Queimados divulga calendário de matrículas e transferências internas

Prazo para trocar de escola começa na próxima quarta (21). Já cadastro para novas vagas em creches e demais turmas abre em dezembro

Imagem: Kathellen Islyne/ SEMCOM - PMQ
Jéssica Moreira - Os pais e responsáveis dos alunos da rede municipal de ensino devem ficar atentos, pois a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Educação, já definiu os prazos para matrícula e transferência escolar. Atualmente com cerca de 15 mil alunos matriculados, a expectativa é de que 2500 novas vagas sejam geradas para o próximo ano letivo. O município tem ao todo 33 escolas municipais e três creches públicas.

A partir da próxima quarta-feira (21), começa o período para as transferências internas. A solicitação pode ser feita dentro da própria unidade de ensino. Já o cadastro para vagas nas creches municipais será aberto no dia 18 de dezembro. As novas matrículas poderão ser feitas a partir de 26 de dezembro e contempla turmas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

Imagem: Thiago Loureiro/ SEMCOM - PMQ
As matrículas poderão ser realizadas pelo pai, mãe ou responsável legal na forma civil ou pelo próprio interessado, caso seja maior de idade. É necessário apresentar os seguintes documentos: certidão de nascimento (original e cópia); duas fotos 3x4 recentes; histórico escolar ou declaração de escolaridade, comprovante sanguíneo e fator RH; carteira de saúde da criança com registro atualizado das vacinas; cópia do RG e do CPF do responsável, do cartão do SUS e do comprovante de residência.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Educação por meio do telefone 3699-6695 ou na Rua Hortência, 6, Centro (próximo à Praça dos Eucaliptos).

Confira o calendário completo:


Período para solicitação de Transferência (na própria Unidade Escolar)
21 a 23 de Novembro
Cadastro de candidatos a vagas nas creches municipais (na própria Unidade Escolar)
18, 19 e 20 de Dezembro
Resultado da classificação dos candidatos a matrícula nas creches municipais – Sorteio
21 de Dezembro
Matrículas novas para alunos com deficiência (na própria Unidade Escolar)
20 e 21 de Dezembro
Efetivação das matrículas por transferência interna da rede municipal (na própria Unidade Escolar)
27 e 28 de Dezembro
Matrículas novas na Educação Infantil (Creche e Pré-Escolar I e II – municipais e conveniadas) – 4 e 5 anos (na própria Unidade Escolar)
26 e 27 de Dezembro
Matrículas novas nos Anos Iniciais (1º ao 5º ano)
(na própria Unidade Escolar)
27 e 28 de Dezembro
Matrículas novas nos Anos Finais (6º ao 9º ano) e Educação de Jovens e Adultos (EJA I a EJA X) - na própria Unidade Escolar)
27 e 28 de Dezembro
Cadastro de Excedentes nas Unidades Escolares
24 de Janeiro de 2019

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Rompendo fronteiras: Queimados recebe comitiva portuguesa e apresenta trabalho de referência realizado com a Educação Especial

Lusitanos acompanharam apresentações artísticas realizadas pelos alunos da rede pública e conheceram dependências de unidades de ensino do município

Jéssica Moreira - Um encontro intercontinental e histórico para a educação de Queimados: assim transcorreu a manhã desta terça-feira (13), quando educadores portugueses e brasileiros trocaram experiências acerca dos desafios da inclusão. Resultado da parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e membros do governo lusitano, o encontro “Caminhando para uma escola inclusiva: Brasil-Portugal” lotou o Teatro Metodista e contou com uma programação emocionante.

Para o Prefeito Carlos Vilela, o momento marca o crescente desenvolvimento da educação queimadense. “Saímos recentemente das últimas posições para o 2º lugar no IDEB em toda a Baixada Fluminense. Isso mostra que tem muito trabalho acontecendo e a inclusão faz parte disso. Vamos chamar mais 39 cuidadores para nossas salas de aula. É uma visão de todo o governo municipal", declarou o gestor. 

Após a formação da mesa de abertura - composta pelo Prefeito Carlos Vilela, pelo Secretário da Pasta, Lenine Lemos, pela Subsecretária Dilcelina Souza e pelos docentes lusitanos Luís Miguel Neves (Coord. do Projeto Escola Inclusiva na Europa) e Manuela Faria (Diretora Geral das Escolas de Portugal) -, alunos das salas de recursos das Escolas Municipais Professor Alberto Pirro, Metodista e Professor Leopoldo Machado encantaram a plateia com apresentações musicais – uma delas em Língua Brasileira de Sinais.

“Saio daqui hoje com a alma cheia, tanto pelo acolhimento recebido por nós quanto pelo trabalho que vi aqui. Visitamos países por toda a Europa, escolas particulares e públicas e posso dizer que Queimados não deve em nada a qualquer um desses locais. Aqui verdadeiramente se trabalha a inclusão”, afirmou a Diretora Geral das Escolas de Portugal, Manuela Faria, que viajou acompanhada dos colegas Ana Paula (Coordenadora do Gabinete de Inclusão Educativa), Donalda Baeta e Luís Miguel Gomes (Professores de Inclusão).

De acordo com o Secretário da Pasta, Lenine Lemos, receber a equipe portuguesa mostra que o trabalho da educação inclusiva na cidade está sendo feito. "Este é um dia muito especial, porque essa troca de experiências é muito enriquecedora. Apesar de diferentes, somos todos iguais e a escola precisa refletir isso. Agradeço a cada um que esteve aqui para ouvir sobre esse assunto tão essencial à sociedade”, afirmou o gestor.

Aprendizado que emociona

Um dos momentos mais importantes do encontro foi o relato das experiências vividas pela professora Ana Maurício e a dona de casa Suelene Barbosa (33). Juntas, elas detalharam o desenvolvimento do menino Brayan (7) desde que ingressou no 1º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Senador Nelson Carneiro.
  
“Eu tinha preconceito quanto ao ensino público ser inclusivo, até que o médico do meu filho, que tem Transtorno do Espectro Autista, indicou que eu o tirasse da rede particular porque ele estava estagnado. Em menos de um ano, meu menino aprendeu a ler e escrever. O carinho da professora e da cuidadora com ele é tão grande, que ele ainda não escreve o meu nome, mas o delas foram os primeiros que aprendeu”, declarou em lágrimas a moradora do bairro Santa Cecília, em Nova Iguaçu.

Além de educadores da rede pública e particular, prestigiaram o evento vereadores, secretários municipais, representantes do Ministério Público e uma turma de formandos de magistério do CIEP 341 Sebastião Pereira Portes, que assistiu animada a todas as explanações. “Em ocasiões assim a gente vê que há essa preocupação em incluir os alunos verdadeiramente. É muito bom acrescentar as vivências desses profissionais à teoria que aprendemos em sala”, declarou a jovem aluna Luanna Mello (17), moradora do Centro. 

Imagens: Thiago Loureiro/ SEMCOM - PMQ
Após a manhã de palestras, os convidados almoçaram uma tradicional feijoada e visitaram o CAEEQ (Centro de Atendimento Educacional Especializado de Queimados), onde alunos especiais ou com dificuldades de aprendizagem participam de oficinas, além da Creche Iracema Garcia e a Escola Municipal Professor Leopoldo Machado.

Sinal de alerta é ligado e Queimados intensifica ações contra o mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya

Agentes de endemia do município realizaram palestra educativa e aplicaram fumacê pelo bairro São Roque um dos locais onde a situação é mais crítica


Aline Lopes- O verão está chegando e o alerta para ocorrência de casos de Dengue, Zika e Chikungunya já está ligado em Queimados. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou uma série de ações para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti. Nesta terça-feira (13), além de uma palestra educativa realizada no Centro de Artes e Esportes Unificados Planeta Futuro (CEU), no bairro São Roque, os agentes de saúde visitaram as casas do entorno do equipamento para verificar se há focos de larvas e fizeram aplicação de fumacê. 

A ação está diretamente ligada ao novo Levantamento Rápido de Índices de Aedes Aegypti (LIRAa), divulgado em outubro, que traz uma mostra estatística em que é determinada a quantidade do mosquito em cada região da cidade. O município de Queimados ficou com 1,94%, ou seja, em situação de alerta. Os bairros com o maior índice, são: São Roque, Ponte Preta, Vila São João e Vila Camarim. 

Durante a palestra, agentes de endemia do município exibiram um vídeo explicativo sobre o ciclo do mosquito transmissor, explicaram os sintomas de cada doença e ensinaram métodos para evitar o acúmulo de água parada, como por exemplo: copos descartáveis que devem ser amassados antes se serem jogados no lixo e pratos de plantas que devem ficar virados ao contrário.

A Secretária Municipal de Saúde, Drª Lívia Guedes, alerta sobre os sinais das doenças. “A Dengue tem como principais sintomas a febre, dores intensas atrás dos olhos e na cabeça, dores fortes nos músculos, entre outros. Já a Zika, provoca também coceiras pelo corpo e manchas vermelhas na pele. Outra doença causada pelo mosquito é a Chikunngunya, com os sintomas bastante parecidos e inchaço nas articulações”, explicou a gestora.

A participação da população nas ações de prevenção e combate ao Aedes aegypti é fundamental. De acordo com a Subsecretária de Vigilância em Saúde, Kelly Lisboa, há algumas medidas que a população pode fazer em casa. “Se cada um tirar 10 minutos do tempo para verificar se a caixa d’água está tampada corretamente, se as plantas estão com aqueles pratinhos virados para baixo, as calhas estão limpas ou se há algum objeto que possa acumular água parada, já ajuda a diminuir a proliferação do vírus”, explicou.

Alérgica a repelente, a moradora do bairro São Roque, Ana Paula de Jesus (43), tem adotado outros métodos para se prevenir outra o vírus. “Além de estar sempre olhando o meu quintal para ver se há algum foco do mosquito, eu uso aquele inseticida em casa e alerto os meus vizinhos sobre a importância de fazer o mesmo”, declarou a diarista.

Outra moradora do bairro, Terezinha de Fátima (61), contraiu o vírus há dois meses. “Comecei a sentir muitas dores no corpo e procurei um médico, quando cheguei lá e fiz o exame descobri que estava com a Chikungunya. Agora estou em tratamento, mas os ossos continuam doendo”, concluiu.

Em casos de foco de Dengue no município, basta entrar em contato com o Disque Dengue e Zika, pelo número (21) 2665-3939, para solicitar os serviços de dedetização.

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Queimados celebra o mês da consciência negra com atividades variadas

Programação começa nesta quarta-feira e inclui rodas de capoeira, exibição de documentário, feiras e palestras

Marina Mendes - Resgate histórico, cultura africana e combate ao racismo na sociedade brasileira. Esses serão uns dos pilares da programação do “Novembro da Consciência Negra”, que será realizado em Queimados, na Baixada Fluminense, em alusão ao dia de Zumbi dos Palmares. Com direito a rodas de capoeira, exibição de documentário, feiras e palestras, a abertura das atividades acontecerá na próxima quarta-feira (14), na sede da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Promoção de cidadania, e irá até o próximo dia 30.
A programação tem por finalidade discutir e levantar os debates acerca das questões étnico-raciais e sociais que envolvem as lutas e a defesa dos direitos do povo negro. Nesse sentido, serão ofertadas em diversos locais da cidade apresentações e oficinas de dança afro, pagode, hip hop e jazz, além da exibição e debate sobre o documentário “Nossos Mortos tem Voz”, que relata a chacina da Baixada Fluminense.
Para o Secretário Municipal de Direitos Humanos e Promoção da Cidadania, Carlos Roberto de Moraes, mais conhecido como Careca, a identidade da pessoa negra deve ser sempre preservada. “Existe um imaginário preconceituoso que condena a negritude e todos os seus elementos, e é isso que essas ações visam acabar. Não podemos deixar essa identidade se perder por conta de um padrão imposto pela sociedade”, argumentou.
Já para o coordenador de Políticas Públicas em Defesa da Igualdade Racial de Queimados, Jorge Dahl, a importância dos eventos de conscientização é cada vez maior, dentro do cenário de intolerância estrutural do país. “Nossa luta sempre será a favor da igualdade e da diversidade cultural. Temos como tradição abrir as discussões nessa época do ano, para tornar o debate mais naturalizado dentro dos espaços”, concluiu.
PROGRAMAÇÃO:

Dia 14/11: Abertura da Semana da Consciência Negra às 15h. Local: Secretaria de Direitos Humanos e  Promoção da  Cidadania.  Rua Otília 1495 - Centro.
Dia 18/11: Capoeiragem entre Camaradas 2018, com a presença de vários Mestres, às 10h. Palestra, Aulão, Maculelê, Samba de Roda. Local: ADCBC. Rua O nº 2599 -  Vila Camarim.
Dia 20/11: Missa Afro às 10h. Exibição do Filme “ Nossos Mortos tem Voz” e Roda de Capoeira. Local: Igreja de São Francisco de Assis. Rua Tangará 431 - Jardim Alzira.
Dia 20/11: Feira África Brasil às 11h, apresentações de: Dança Afro, Pagode, Dança de Roda, Maculelê. Local: Rua Capitão Custódio Caravana nº 27 -  Centro.
Dia 21/11: Mesa Redonda  sobre a Semana da Consciência Negra com os temas: A Inclusão a partir do Esporte e o Universo LGBT sobre o olhar Negro.  Local Centro de Cidadania LGBT na Secretaria Direitos Humanos e Promoção da Cidadania na Rua Otília 1495 - Centro.
Dia 23/11:  Oficinas e apresentações: Pagode de roda,  HIP HOP, Jazz e exposições de penteados afro, às 17h. Local: Cidade das Crianças - Centro.
Dia 24/11: Culto alusivo à Semana da Consciência Negra. Ás 19h.  Local: Igreja Presbiteriana  Unida. Avenida  Irmãos Guinle nº 1653 - Centro
Dia 25/11: Terreirão Senzala Kunta Kinte, com Percussionista Rodrigo Senra e convidados.  Capoeira do Mestre Sampaio, Pagode e Dança Afro  com o Grupo Origens às 17h. Local: Cidade Das Crianças
Dia 26/11: Debate sobre a Consciência Negra. Coma a participação do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial e a Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial, Às 10h. Local: Rádio Novo Rumos
Dia 27/11: Serviço de convivência e fortalecimento de vinculo, sobre o olhar do racismo, às 14h. Local CRAS SANTIAGO, na Estrada do Riachão s/n - Jardim do Trevo
Dia 27/11: EJA Preta. Culminância do EJA no colégio Leopoldo Machado. Às 18h. Local: Rua  Ver. Marinho Hemetérito Oliveira 696 - Centro.
Dia 28/11: 2º Seminário das  Relações Étnicos Raciais. Das 09:0h às 18h. Local Teatro Metodista.  Avenida  Vereador Marinho Hemetérito de Oliveira s/n - Centro.
Dia 29/11: Moção de Aplausos, com homenagens às pessoas que se destacaram na luta contra a discriminação racial, às 19h.  Local: Câmara de Vereadores. Rua Heloisa 193 - Centro.
Dia 30/11: Mostra cinematográfica com o filme: ”Nossos  Mortos Tem Voz”. As 18h. Local: Centro Esportivo Golfinhos da Baixada.  Rua Antônio Sobreira Sobrinho nº 03 - Vila Nascente.

Queimados realiza 9ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Encontro realizado em dois dias debateu temas como garantia de direitos, políticas públicas de inclusão social e enfrentamento de violência na infância e adolescência

Foto: Igor Lima
Marina Mendes- Garantia de direitos, políticas públicas de inclusão social e enfrentamento de violência na infância e adolescência. Esses foram alguns dos temas debatidos na 9ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizada pela Prefeitura de Queimados, no último sábado (10). Com o tema principal “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento de Violências”, o evento contou com a presença de membros do governo e da sociedade civil e aconteceu no Teatro Municipal Metodista, no bairro Pacaembu.
Para a abertura da Conferência, que aconteceu na sexta-feira (9), as autoridades presentes foram o Prefeito Carlos Vilela, o vice-prefeito Machado Laz, o Secretário Municipal de Assistência Social, Elton Teixeira, a Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Dora Lima, o Secretário de Educação Lenine Lemos, o Secretário de Segurança e Ordem Pública, Elias José, o Conselheiro Tutelar, Thiago de Oliveira, a Coordenadora de Apoio aos Conselhos Municipais, Nilcelene Moreira, o vereador João Pedro Lemos, e os representantes da sociedade civil, André Pequeno e Amanda Barros.
Na ocasião, os participantes realizaram o credenciamento e prestigiaram uma sessão solene de início das atividades, que contou com o lançamento do livro “Serviço Social: Teorias e Práticas na garantia de Direitos da Criança e do Adolescente”, de Maria Fernanda Duarte, Luzia Magalhães e da atual Presidente do CMDCA, Dora Lima. Em segundo momento, além de uma apresentação musical dos alunos de Música do principal órgão cultural da cidade, o Centro de Artes e Esportes Unificados Planeta Futuro.
Em sua fala, o Prefeito Vilela afirmou que seu governo prioriza as causas sociais dos jovens. “A violência contra esse grupo não pode mais ser tolerada de nenhuma forma. Junto com a assistência social, com a educação e com o Conselho, nosso trabalho na garantia de direitos só tem a se aperfeiçoar ainda mais”, afirmou Vilela.
Já o Secretário de Assistência Social, Elton Teixeira, parabenizou o trabalho que tem sido feito pela equipe do município. “Temos aqui profissionais que se dedicam e que tem amor não só a causa, mas também pelas pessoas que estão em vulnerabilidade. Toda a nossa equipe tem no serviço social a sua missão de vida, é por isso que nosso trabalho tem sido tão eficiente no município”, declarou o gestor.
Já no sábado (10), os delegados selecionados nas 15 pré-conferências se reuniram para debater os eixos temáticos, que foram: “Garantia dos Direitos e Políticas Públicas integradas e de inclusão social”, “Prevenção e Enfrentamento da Violência contra Crianças e Adolescentes”, “Orçamento e financiamento das políticas contra Crianças e Adolescentes”, “Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes” e “Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes”. Além disso, foram eleitos 13 delegados titulares e 13 suplentes, que serão os representantes na Conferência Estadual.

Queimados recebe educadores portugueses para debater inclusão

Encontro é direcionado a profissionais da rede municipal de ensino e acontece nesta terça-feira (13)


Jéssica Moreira - Para promover um intercâmbio de experiências sobre a educação inclusiva, a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realiza nesta terça-feira (13) o encontro “Caminhando para uma escola inclusiva: Brasil – Portugal”. O evento, que acontece a partir das 9h30, no Teatro Metodista, faz parte do projeto “Escola Inclusiva na Europa” e tem como público-alvo educadores da rede municipal de ensino.

De acordo com o Secretário da Pasta, Lenine Lemos, receber a equipe lusitana mostra que o trabalho da educação inclusiva na cidade está sendo feito. "Será um dia muito especial, porque teremos o reconhecimento de uma instituição internacional. Sabemos que tem muito a ser feito e estamos em busca do ideal, mas estamos cumprindo a lei da inclusão. O Prefeito Carlos Vilela, inclusive, acabou de autorizar o chamamento de mais 39 cuidadores para nossas salas de aula. É uma visão de todo o governo municipal", declarou o gestor.

Estarão presentes Angela Mathylde (Doutora e Presidente do Brain Connection Brasil), Luís Miguel (Coordenador Projeto Escola Inclusiva na Europa), Manuela Faria (Diretora Geral das Escolas de Portugal), Ana Paula (Coordenadora gabinete de Inclusão Educativa), Donalda Baeta e Luís Miguel Gomes (Professores de Inclusão).

Após a manhã de palestras, os convidados farão visitas ao CAEEQ (Centro de Atendimento Educacional Especializado de Queimados), onde alunos especiais ou com dificuldades de aprendizagem participam de oficinas, além de uma creche e uma escola da rede.

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Servidores Públicos de Queimados participam de curso do SEBRAE sobre atendimento ao cidadão

Em parceria com o SEBRAE, Prefeitura realiza curso de dois dias com o intuito de melhorar o atendimento ao público
Kathellen Islyne - A Prefeitura de Queimados, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o SEBRAE ofereceu curso de Atendimento ao Cidadão aos Servidores Públicos. A formação faz parte de mais uma etapa do Programa Cidades Empreendedoras e aconteceu nos dias 8 e 9 de novembro, das 9 às 17h, no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU Planeta Futuro), no bairro São Roque.

O Prefeito Carlos Vilela compareceu ao evento e aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância de capacitar os servidores públicos. “Queimados está caminhando para oferecer o melhor serviço aos nossos cidadãos, o curso é indispensável para os funcionários melhorarem o modelo de gestão e para estreitar o relacionamento com a população”, conta o gestor.
O curso foi ministrado pela consultora na área de políticas públicas do SEBRAE, Selma Marra. Ela destacou o papel do curso na valorização e profissionalização dos servidores. “Estamos nos propondo a capacitar essa equipe de servidores e eles utilizarão o conhecimento que adquiriram aqui para ampliar os conhecimentos dos outros que fazem parte da administração da cidade. Serão multiplicadores”, afirma.
Uma das participantes do curso foi a Subsecretária de Assistência Social, Deisemar Bastos. Para ela, a qualificação foi de grande valia. “Tudo que aprendemos aqui nos fez refletir: a capacitação, as dinâmicas e as trocas de experiências, aqui nós fizemos uma inversão de papéis nos colocando no lugar dos cidadãos e iremos sair desse curso com o intuito de multiplicar o conhecimento que adquirimos aqui”, relata a servidora.
Foram realizadas palestras, dinâmicas de grupo, análises de vídeo e debates onde os participantes trocaram experiências e utilizaram o conhecimento que estão adquirindo no curso em atividades do dia a dia. O objetivo foi de disseminar entre os servidores um modelo de gestão voltado para o atendimento de qualidade e oferecer meios para os funcionários aprimorarem e melhorarem o atendimento diário. O curso concedeu aos servidores públicos certificado com carga horária de 16 horas.

Economia criativa é debatida nos CRAS de Queimados para empoderar mulheres a terem renda própria

Ciclo de palestras compartilhou ideias de modelos de negócios a partir das experiências vividas pelas usuárias do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

Marina Mendes - Empoderadas e com a autoestima elevada. Foi assim que as usuárias do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do município de Queimados se sentiram com o ciclo de palestras de economia criativa promovido nas últimas semanas nos Centros de Referência em Assistência Social da cidade. As mulheres tiveram encontros com várias profissionais autônomas da Baixada Fluminense, que se reinventaram e romperam todos os seus limites ao criar seus próprios negócios. 


Idealizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, as palestras fazem parte de uma parceria com o grupo “Criativas” e tiveram como objetivo fomentar principalmente a independência financeira e a possibilidade de mudança na vida profissional mesmo quando se é de uma camada mais pobre. Nesse sentido, foram convidadas profissionais da área do jornalismo, administração, música, artesanato, ilustração, direção de arte e fotografia.
Para o Secretário Municipal de Assistência Social, Elton Teixeira, é importante que as usuárias tenham na programação do SCFV esse tipo de visita. “Como o objetivo do SCFV é orientar e estimular as famílias com atividades artísticas e culturais, nada mais justo que as usuárias recebam profissionais inspiradoras para debater, tirar dúvidas e incentivá-las sobre o mercado da economia criativa e como ingressar nele”, declarou o gestor.
Segundo o produtor e proponente das rodas de conversa, Allan Reis, o projeto foi pensando principalmente para promover as trajetórias de mulheres negras. “Pensei que seria muito interessante promover o encontro dessas profissionais com as mulheres participantes do serviço, pois como os encontros têm o objetivo de instrumentalizar as participantes para o exercício da mudança, encontrar com empreendedoras para trocar experiências seria enriquecedor para todas. Conhecer mulheres que moram na mesma região e dividem muitos desafios semelhantes, mas que, ainda assim, conseguiram desenvolver”, declarou o Allan.
Já para a Coordenadora Ana Keli Lourenço, as conversas tiveram influência sob todas as usuárias. “Acredito que o impacto foi poder perceberem na fala de “uma pessoa igual” a possibilidade de romper com uma situação de vulnerabilidade, através do empreendedorismo, da economia criativa , descobrindo suas aptidões para tanto”, comentou.

Oficina de velas aromáticas marca início do curso de artesanato do CELTI

Nova modalidade é uma das três que passaram a ser oferecidas nesta semana em parceria com o SESC. Ainda restam 20 vagas

Aline Lopes- O Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade (CELTI) amanheceu com um aroma diferente na manhã desta sexta-feira (9). É que os idosos participaram da primeira aula de artesanato, curso oferecido pela Prefeitura de Queimados, por meio das Secretarias Municipais de Terceira Idade e de Educação, em parceria com o SESC. A iniciativa tem por objetivo devolver a autoestima e proporcionar uma qualidade de vida para os alunos do espaço. Ainda nesta semana, também foram iniciadas as aulas de dança e consciência corporal e com as novas modalidades cerca de 170 novas vagas foram criadas.

As aulas de artesanato irão ensinar aos alunos como obterem uma fonte de renda utilizando produtos que seriam desperdiçados no Meio Ambiente ou até mesmo garantir o presente do Natal para a família. Na aula das velas aromáticas, um dos produtos utilizados foi o óleo de cozinha saturado. Outras atividades que serão desenvolvidas ao longo do curso, estão: confecção de almofadas com retalhos de tecidos e pintura em lata.

As velas perfumadas, além de embelezarem o ambiente, proporcionaram um frescor todo especial. Em sua confecção foram utilizados essência de tutti frutti. De acordo a Secretária Municipal da Terceira Idade, Maricéia Peluzio, o artesanato contribui para ocupar a mente e evitar a depressão. “Quando chega uma certa idade, nos sentimos incapacitados de realizar algumas tarefas e, com essas aulas, mostramos que nossos idosos são capazes de fazer tudo que almejam”, explicou a gestora. 


Participando das atividades do CELTI há quatro anos, a moradora do bairro Novo Eldorado, dona Diva de Oliveira (66), aprovou a primeira aula de artesanato e já espera ansiosa pelas próximas. “Prestei bastante atenção em cada detalhe da explicação da professora. Agora que eu aprendi, irei comprar os materiais para fazer em casa e distribuir para a minha família no Natal”, declarou a aposentada.


Ainda restam 20 vagas para as aulas de artesanato. Os idosos interessados em participar desta e de outras atividades oferecidas pelo CELTI, basta ir até a unidade, localizada na Av. Maracanã, s/nº, Vila Pacaembu, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com identidade, CPF, comprovante de residência, atestado médico, tipo sanguíneo e 2 fotos 3x4. Outras informações: 21 2665-6526.

Prefeitura de Queimados entrega 75 Carteiras Municipais do Artesão

Documento viabiliza participação dos profissionais em feiras, oficinas e cursos, além de conceder descontos em compras feitas no comércio local
Marina Mendes - Para reconhecer e valorizar os produtos confeccionados no município, a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realizou nesta quinta-feira (09) uma cerimônia para a entrega da Carteira Municipal do Artesão a 75 profissionais. O documento, além de viabilizar a participação dos artesãos em feiras, oficinas e cursos, ainda concede descontos em compras de produtos no comércio local. 

Presente como atividade econômica em 78,6% dos municípios brasileiros de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o artesanato surge dos feitios com a linha, barro, cerâmica, palha, tecido, madeira ou até mesmo papel. Materiais que parecem pouco nobres são transformados manualmente em objetos cheio de estilo e personalidade.
Presente no evento, o prefeito Carlos Vilela falou sobre a importância e o valor do microempreendedor para a cidade. “Para sustentar uma economia mais forte e que se renova diariamente, nós precisamos que os empreendimentos autônomos também estejam crescendo. Por isso, percebemos que um documento pode, além de tudo, promover um incentivo maior para atrair novas pessoas a esse mercado”, afirmou Vilela.
Já o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Marcelo Lessa, a carteira é uma forma de assegurar ao profissional uma identificação oficial, além de incentivar a prática como um caminho para a autonomia financeira. “Percebemos que com esse documento nas mãos o artesão vai poder ter acesso a benefícios sem sair do seu município. Com isso, novas grandes feiras e eventos irão surgir, com certificados oficiais que valorizam a profissão”, declarou o gestor.
Parceria aprovada
A artesã Janaína Taveira, de 48 anos, é um dos nomes cadastrados que possuem o novo documento.  A moradora do bairro Grande Rio afirmou que a ideia de oficializar os profissionais foi maravilhosa. “Como nós temos uma alta demanda de produção, sempre precisávamos de descontos ou ofertas melhores para trabalhar. Como não tínhamos algo que nos garantia isso dentro da cidade, acabávamos indo para outro município. Essa parceria foi fundamental”, contou Janaína.

Para os interessados em emitir a Carteira Municipal do Artesão, basta ir até a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo com identidade, comprovante de residência, uma foto 3x4 e um exemplar do artesanato que produz. O órgão fica na Rua Macaé, nº 430, no bairro São Roque e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O telefone para contato é (21) 2665-1541.

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

SINE está com 33 vagas abertas em Queimados

Oportunidades são para Topógrafo, Auxiliar de Topógrafo, Balconista, Vendedor Externo e Cumim. Cadastro pode ser feito até esta sexta-feira

Marina Mendes - Uma boa notícia para quem está precisando terminar o ano longe do desemprego. A Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda, abriu nesta semana processo seletivo para Topógrafo, Auxiliar de Topógrafo, Balconista, Vendedor Externo e Cumim. Ao todo, são 33 vagas disponíveis até a próxima sexta-feira (9), através do Sistema Nacional de Emprego (SINE).
Os processos fazem parte do sistema de captação de currículos realizado diariamente no SINE, em parceria com a Prefeitura e com empresas privadas locais, em que o SINE envia cartas de recomendação aos empregadores. Por isso, nestas vagas, especificamente, os moradores de Queimados terão prioridade. Para os cidadãos dos municípios vizinhos, o local disponibiliza o Balcão de Empregos, em que as oportunidades são a nível estadual.
As vagas serão: (2) Topógrafo (Com ensino Médio com Habilitação e com no mínimo 6 meses de experiência), (2) Auxiliar de Topógrafo (Com ensino fundamental e vivência na área), (6) Balconista (Para sexo masculino com Ensino Médio completo ou incompleto), (13) Vendedor Externo (Ambos os sexos e a experiência com vendas é um diferencial) e (10) Cumim (Ambos os sexos, com 1 ano de experiência na carteira).
De acordo com a Coordenadora do SINE, Marisa Mateus, as oportunidades serão ampliadas no ano que vem. “Nós caminhamos bem neste ano, mas muitos ainda precisam garantir o seu emprego. Estamos fazendo parceria com várias empresas pensando exatamente nisso. Queremos que não falte chance para os queimadenses”, afirmou o gestor.
Para se cadastrar nas oportunidades de emprego ou do Programa Jovem Aprendiz, é necessário comparecer até a sede do SINE (Rua Eloi Teixeira, Centro de Queimados) com Carteira de Trabalho, CPF, Identidade e Comprovante de Residência. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.