terça-feira, 17 de novembro de 2015

Exemplo de força para superar limitações

Texto: Bruno Anacleto | Fotos: Simone Silva-PMQ

Aposentado faz musculação e hidroginástica para voltar a ter movimentos após AVC  

Há três anos a vida do aposentado Antônio Resende (foto), de 63 anos, mudou de uma vez por todas. Ex-motorista de caminhão, ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) durante uma entrega de eletrodomésticos na empresa que trabalhava. Depois de dois anos numa cadeira de rodas, passar por consultas com o fisioterapeuta e fonoaudiólogo, Resende conseguiu recuperar 60% dos movimentos do braço e da perna direito. Para continuar a  recuperação sem desanimar, Antônio mostra que tem fôlego de sobra ao fazer atividades físicas diárias no Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade (CELTI), em Queimados, na Baixada Fluminense.  

Durante cinco dias da semana, ele levanta cedo às 6h da manhã toma seu café reforçado e depois vai às aulas de hidroginástica e musculação. Fumante há mais de 40 anos, o ex-motorista reconhece que o consumo excessivo de cigarro, pressão alta e à falta de exercícios tiveram influência direta no seu AVC. “Quando tive a doença foi um choque para toda família. Meus filhos e minha esposa ficaram muito preocupados, porque tive sequelas graves como a paralisia facial e motora do lado esquerdo. Estava bem e não apresentava nenhum problema com minha saúde até que um dia tive o ‘derrame’. Graças aos médicos, apoio da família e amigos consegui me recuperar aos poucos”, relatou.  

Antônio diz que as atividades físicas mudaram sua vida já que era sedentário: “As atividades na hidro ajudaram no equilíbrio e as aulas de musculação no reforço muscular. Antes do acidente, minha pressão chegava a 22 por 11 e eu nem tinha noção disso. Depois disso tomei vergonha na cara e larguei o cigarro. Mudei meus hábitos alimentares e comecei a fazer exercícios regularmente. Fumar é um dos piores hábitos que tive na vida, mas agora minha vida é melhor”, reconheceu.  Ainda segundo ele, a musculação e a hidroginástica foram fundamentais também para redução do uso de medicamentos diários e a melhora na mobilidade. “Antes tomava quatro comprimidos por dia, dois de manhã e dois de noite. Hoje, tomo apenas dois e minha pressão está normal com 12 por 8 e com as aulas melhorei bem meus movimentos”, disse.                       
Exercícios contra o sedentarismo

Inaugurado em julho de 2014, o CELTI atende quase 300 pessoas por mês e oferece uma série de atividades voltadas para o bem-estar como hidroginástica com piscina aquecida, musculação, aulas de dança, salão de jogos, oficinas de artesanato e desenho.  Os treinamentos de musculação mais solicitados pelos idosos são de condicionamento físico. Eles são montados de acordo com a ficha de avaliação física que é aprovada por um médico da unidade.

Para se inscrever nas aulas de musculação, os idosos devem ter mais de 55 anos e apresentar os seguintes documentos no próprio local: atestado médico que libere para realização de atividades físicas, cópias da identidade, CPF, comprovante de residência e uma foto 3x4. A Centro de Esporte e Lazer fica na Avenida Maracanã, s/nº - Vila Pacaembu e funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h. Informações pelo telefone: (21) 2665-6526.

Um comentário:

deixe aqui seu comentário sobre esta notícia.