terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Queimados terá unidade escolar reformada e ampliada

Prefeito Carlos Vilela visitou início das obras de reforma e ampliação da escola Oscar Weinschenk. Unidade vai ganhar mais de 200 novas vagas, terá telhas especiais para acústica e iluminação e turmas em tempo integral

As 710 crianças que estudam na Escola Municipal Oscar Weinschenk, na Vila Camarim, em Queimados, começarão o ano letivo com uma grande novidade. Em visita realizada na manhã desta terça-feira (24), o prefeito Carlos Vilela e o vice Machado, acertaram com os secretários de Educação, Lenine Lemos, e o de Obras, Alex Dornellas, o início imediato da reforma e ampliação da unidade. O custo total das intervenções é de R$ 2.777,255, 52 e o prazo de entrega é de 180 dias. A escola funciona em três turnos e atualmente conta com 25 turmas, do pré-escolar à EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Com a ampliação, a unidade vai aumentar sua capacidade em 30% e até o fim do primeiro semestre deste ano vai atender mais de 900 alunos. O prefeito Carlos Vilela, destacou a importância das intervenções e ratificou o compromisso com a educação: “Vamos começar imediatamente as obras aqui. A licitação já foi realizada e, em breve, a comunidade irá receber uma escola nova e moderna. Reafirmo que vamos investir na educação, pois acredito que as escolas têm papel fundamental na vida social de cada criança futuramente”, destacou.

Com a ampliação, a escola ganhará mais duas salas, auditório e uma biblioteca. Outra boa notícia é que toda a unidade terá a rede elétrica preparada para receber aparelhos de climatização. E o que antes era telha de amianto, dará lugar a uma cobertura termoacústica - para evitar ruídos ou reverberação sonora e para proteger as condições térmicas e de iluminação - em todos os cômodos. O secretário municipal de Educação, Lenine Lemos, falou sobre a reforma e sinalizou novas intervenções em outras unidades: “A tendência é melhorar. Mesmo com a crise e poucos recursos nós vamos trabalhar dia e noite para melhorar ainda mais nossa rede educacional. A população pode esperar muita luta e superação de nosso governo”, disse.

O trabalho em conjunto está sendo a marca do início do governo Vilela. Unidade é a palavra chave da gestão. Prova disso é a parceria das secretarias de Educação e Obras para a execução das melhorias na Escola Oscar Weinschenk. O novo secretário da pasta, Alex Dornellas, destaca a união para vencer o momento de crise: “Aqui não há individualidade, existe um trabalho em conjunto para o bem da população. A secretaria de Obras desde o primeiro momento já viabilizou todas as condições legais para o início imediato na escola e, com isso, quem ganha é a população. Essa é a nossa obrigação como poder público”, enfatizou.

Ensino em tempo integral

Atualmente, a Escola Oscar Weinschenk conta com oito salas de aula e funciona em três turnos: manhã, tarde e noite. Com a reforma e a ampliação, a unidade passará a ter mais cinco salas. Duas delas serão destinadas para o Projeto Mais Educação, que consiste na implantação do Ensino Integral com aulas regulares num turno principal e atividades complementares como oficinas, teatro e esportes, no contraturno. A previsão inicial é de que 150 alunos sejam contemplados pela iniciativa. Já as aulas regulares começam no próximo dia 6 de fevereiro. 

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

deixe aqui seu comentário sobre esta notícia.