terça-feira, 27 de outubro de 2009

Queimados abre curso gratuito de piscicultura

A Prefeitura de Queimados, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Agricultura, iniciou nesta terça-feira, 27 de outubro, o curso de Criação de Peixes para os produtores rurais do município, no Ciep 023-Jesus Soares Pereira (Rua Satélite, s/n°, Fanchem). O conteúdo do curso foi dividido em duas etapas: prática e teórica. A aula teórica contou com mais de 25 alunos e teve como objetivo capacitar e qualificar a mão de obra dos criadores de peixes de Queimados.

Em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER) de Nova Iguaçu, o conteúdo teórico abordou temas como a medição do nível da qualidade da água, construção para viveiros, alimentação, reprodução e processamento para comercialização. Na quarta-feira, dia 28 de outubro, a partir das 9h, acontece a aula prática que será realizada numa visita técnica aos sítios Alair Ferreira e José Vieira, no Assentamento Rural do Guandu, em Japeri.

Para o palestrante e veterinário da EMATER, José Glauno Pereira, o principal objetivo do curso é ensinar os métodos de manejo e técnicas de produção dos peixes. “É bom que os produtores façam esses cursos, porque eles conhecem novas técnicas e tecnologias de produção. Também temos o objetivo, através dos cursos práticos e teóricos, de reciclar os produtores e, assim, inserí-los no mercado”, comentou o veterinário.

Os produtores que concluírem o curso terão apoio e assistência técnica da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Agricultura. O objetivo do curso é incentivar a atividade de piscicultura no município, gerando emprego e renda aos trabalhadores do campo.

Atualmente, o município de Queimados possui aproximadamente 15 propriedades que cultivam peixes, sendo quatro delas especializadas em três espécies como tilápias, tambaquis e pacus. A produção dos peixes é destinada aos sítios especializados em pesque e pague para municípios vizinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe aqui seu comentário sobre esta notícia.

Postar um comentário