sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Escolas repaginadas na volta às aulas em Queimados

Prefeitura promove pacote de melhorias em várias unidades de ensino que incluem pintura, restauração, reforma e outros serviços

Jéssica Moreira - Pintura externa e interna, troca de pisos e tubulações, placas de identificação, fachadas novas e restauração de salas de aula. Essas são algumas das intervenções realizadas pela Prefeitura de Queimados para o início do ano letivo da rede municipal de ensino, que acontece na próxima segunda-feira (4). Promovidas por meio da Secretaria Municipal de Educação, as obras de reforma e manutenção prometem melhorar ainda mais o ambiente de aprendizado dos alunos nas 30 escolas da cidade.

De acordo com o Prefeito Carlos Vilela, a educação tem sido prioridade na gestão e, por isso, investir em estrutura é fundamental. “Estamos vivendo uma era de avanços da nossa educação, que tem se empenhado para promover o aprendizado em ambientes cada vez mais confortáveis. Nosso IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) foi extremamente positivo em 2018, mas queremos sempre mais”, afirmou o gestor.

Dentre as escolas que já foram beneficiadas pelo pacote de intervenções estão as unidades: Carlos Pereira Neto, Nelson Carneiro, Pastor José Arsênio Gonçalves, Tiradentes, Maria Corágio Pereira Xanchão, Escola Primeira Igreja Batista, Jose Bittencourt de Oliveira, Joaquim de Freitas e Leopoldo Machado.

Além das melhorias nos equipamentos, a SEMED também conta com mobiliário novinho para as salas de aula. Graças a uma parceria junto ao Governo Federal, Queimados recebeu, no fim do último ano, 1700 carteiras escolares e 250 kits de mesa e cadeira para os professores.

“Temos um programa de articulação para solicitar itens como ônibus, material didático, computadores e mobília escolar. Entramos com pedido em 2017 e começamos a ser contemplados”, declarou o gestor, que afirmou que mais 2 mil carteiras e 150 conjuntos para docentes foram requeridos para compor toda a rede municipal.

Reforma perto da conclusão

Além das carteiras – que já foram distribuídas nas unidades de toda a rede municipal de ensino -, os alunos da Escola Municipal Oscar Weinschenck têm outro motivo para comemorar.

A unidade passa por obras de reforma e ampliação que devem ser concluídas até o fim de fevereiro. As intervenções incluíram pintura interna e externa, troca do telhado, construção de salas no piso superior e de um auditório com 100 lugares.

2 comentários:

  1. TEM PREVISÃO DE QUANDO SERÁ O CONCURSO PRA PROFESSOR.

    ResponderExcluir
  2. Pelo menos isso né, vamos ver até qd, pq merenda, papel higiênico, antes da metade do ano já começa a faltar.
    E a escola Perobele no primavera??
    Colocaram placa lá alguns anos atrás, de que estava em obra, milhões em dinheiro e a mesma só está nas armação, tudo enferrujando.
    Agora esta em um salão, alugado pela prefeitura, que não tem ventilação e muito menos arquitetura nenhuma para manter uma escola. Mais um ano nessa situação, calor ao extremo, ventiladores quebrados, salas muito mal feitas com divisórias em PVC, absurdo

    ResponderExcluir

deixe aqui seu comentário sobre esta notícia.