sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Estacionamento Rotativo começa fase de orientação em Queimados

São 612 vagas distribuídas por 28 ruas do Centro. Idosos e deficientes físicos têm direito à gratuidade

Imagens: Igor Lima/ SEMCOM - PMQ
Priscila Renovato - Os motoristas que circulam pelas ruas de Queimados, na Baixada Fluminense, devem ficar atentos: a implementação do Estacionamento Rotativo já começou. Com a finalidade de dar mais mobilidade às ruas da cidade e um trânsito democratizado, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, deu início à fase de orientação acerca da nova determinação (instituída pela Lei Municipal nº 1360/17 e regulamentada pelo Decreto Municipal nº 2155/17).

São 28 ruas demarcadas no entorno do Centro com um total de 612 vagas. Deste total, 31 são destinadas a idosos e deficientes físicos ou com dificuldade de locomoção que tenham credencial especial de estacionamento fornecida pela SEMUTTRAN.

O Secretário da Pasta, Allan Perfeito, explicou que a medida se fez necessária para a manutenção da ordem nas vias públicas da cidade. “Quem frequenta Queimados percebe que o fluxo de carros aumentou significativamente nos últimos anos e, para democratizar o uso das vagas aos moradores da cidade e às pessoas de fora, estamos executando mais esse serviço, através da empresa SIGA SEMPRE de sinalização, consultoria e gerenciamento. Nosso objetivo é que todos possam ter acesso de forma ampla às diversas vagas que disponibilizamos nas ruas”, concluiu o gestor.

O valor do estacionamento custará R$2 por 2h e/ou fração, que podem ser renovadas por mais dois períodos de 2h de utilização. Condutores de motocicletas pagam o valor de R$2 por período único e vagas de farmácias terão tempo máximo permitido de 15 minutos, sem qualquer cobrança.

Outra novidade é que o uso do aplicativo ‘Rotativo Queimados Digital’ estará disponível para os sistemas Android e IOS, plataformas onde será possível pagar, renovar e regularizar o tíquete até o tempo máximo permitido. Graças a funções do programa, os usuários também poderão localizar o automóvel através do GPS e configurar alertas de vencimento de tempo, evitando assim cobranças de tarifas e multas.

O tíquete deve ser disponibilizado no para-brisa do veículo, exceto em casos de compras feitas por meio do aplicativo. O não pagamento de estacionamento acarretará notificação administrativa e cobrança do valor diário de R$20. Além disso, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê que o uso irregular das vagas estará sujeito à multa e reboque pelo órgão de trânsito do município.

O que muda para moradores?

Os moradores que não possuem garagem e têm vagas de estacionamento demarcadas nas portas de suas residências devem comparecer à SEMUTTRAN para obter a credencial de estacionamento gratuito. Basta preencher um formulário e portar originais e cópias dos documentos de identidade e comprovante de residência.

A SEMUTTRAN funciona na Rua Padre Marques, 314, Centro, das 8h às 17h de dias úteis e atende pelos telefones (21) 2665-6101 / 2779-9813.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe aqui seu comentário sobre esta notícia.